Páginas

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Regras básicas para gatos que têm uma casa para governar

Oiii!! A partir de hoje irei postar um longo manual em várias partes para auxiliar os bichanos a a governar uma casa e ainda ter tempo livre disponível. O Rodolfo adorou, mas achou melhor que eu dividisse em partes para dar tempo de tirar uma soneca.

1. Introdução

O que se segue, é um manual de orientações para os gatos ocupados que têm uma casa para administrar, após adotar um ou mais humanos.

É claro que não dá para lembrar de todas as situações possíveis, pois os humanos estão sempre prontos a fazer todo tipo de travessuras, mas os autores e colaboradores deste manual se esforçaram para lembrar de uma larga variedade de tópicos. É importante que este documento nunca caia nas mãos de humanos, que sem dúvida nenhuma usariam este guia em benefício próprio.

2. Comida

A fim de conseguir energia para dormir, brincar, e atrapalhar, um gato precisa comer. Comer, no entanto, é apenas metade da brincadeira. A outra metade é conseguir comida. Gatos têm dois modos de obter alimento: convencer um humano de que você está morrendo de fome e que precisa ser alimentado *JÁ*; ou caçar comida sozinho.

A seguir estão algumas orientações para ser alimentado:


Enquanto os humanos estiverem comendo, assegure-se de deixar a pontinha do seu rabo no prato deles quando não estiverem olhando;


Nunca coma comida de sua própria tigela se puder roubar alguma coisa da mesa;


Nunca beba de sua tigela d'água se o copo de um humano estiver suficientemente cheio para beber. Se um humano pegá-lo e mandá-lo sair, afaste-se um pouco e assim que ele se distrair volte e beba um pouco mais (a menos que ele tenha jogado a água na pia, claro). Veja também ÁGUA;

A melhor hora para informar os humanos de que sua tigela está vazia é quando eles estiverem incapazes de ignorá-lo, por exemplo: quando estiverem dormindo ou estiverem no banheiro, ou se você estiver no colo dele. Se você insistir em acordar um humano no que eles consideram "horário ridiculamente cedo" para ter seu café-da-manhã,esteja avisado que o humano preferirá ignorá-lo ao invés de dar o café da manhã. Leia "COMO ACORDÁ-LOS". Se você está instalado em um colo, seja extra amigável, ronrone e dê cabeçadas carinhosas. Assim que conseguir atenção do humano, corra para sua tigela,e mie até ter certeza de estar sendo notado;


Se você tiver que pegar algum alimento fora de casa, é melhor saber algumas coisinhas. Seja sempre insistente, sua comida geralmente não será muito educada e tentará escapar. Se você se sentir incomodado em comer o que acaba de caçar, seja atencioso e não desperdice; pode ser um maravilhoso presente para os humanos! Pegue cuidadosamente e leve para a casa dos humanos e se a porta estiver fechada, deixe no degrau de entrada. Se a porta estiver aberta, ou tiver uma porta especial para gatos, leve para dentro e deixe em um lugar bem visível. O presente será mais bem vindo ainda se estiver vivo! Pássaros vivos e camundongos são os melhores presentes, pois os humanos, assim como você, adoram brincar de pega-pega, mas esteja atento para nunca ajudá-los, afinal de contas o presente é deles!


Pedacinhos de comida da mesa são iguarias que os humanos infelizmente relutam em dividir. Implorar por comida está além da Dignidade de um Gato, apesar de formas inferiores de vida, como cães, fazerem isso, mas existem diversas formas de assegurar que os humanos não esqueçam de sua existência. Entre elas estão, (mas não apenas): pular no colo do humano mais bondoso e ronronar alto; deitar-se de comprido entre as portas da cozinha e sala de jantar; ficar encarando-o de frente, enroscar-se nas pernas das pessoas e miar alto enquanto elas estão sentadas; deixar as patas em cima das pernas dos humanos e miar para que eles não se esqueçam que você continua interessado.


Café é conhecido pelo seu poder de revitalizar gatos e humanos. Quando um humano deixar um copo de café no chão, ao seu alcance, ele/a está mostrando grande respeito e camaradagem. Assopre o líquido divino até que esfrie um pouco (você pode até por uma patinha dentro para ter certeza da temperatura) e então beba-o.


Ocasionalmente haverão desacordos sobre o que os humanos julgam comestível. A ação correta, se o objeto em questão for repulsivo demais para ignorar, é enterrá-lo. Cave o chão e tente puxar coisas para cobrir o item ofensivo. Isto informa ao ignorante humano que aquilo realmente merecia o latão de lixo.


Se você roubou algo que não devia do lixo, (quanto mais gorduroso melhor), lembre-se de arrastá-lo para o tapete, aonde o cheiro pode ser localizado e desfrutado por diversos dias mesmo depois de limpo. Não se esqueça de rosnar se um humano tentar levar embora seu prêmio.


3. Água

Água (também conhecida como Solvente de Gato) seria realmente legal, se não fosse tão molhada! Torneiras gotejantes são as melhores fontes de água fresca da casa. Vasos sanitários são os segundos melhores (mas a água dentro deve ser INCOLOR e não deve conter NADA!) Portanto é imperativo que qualquer som de água correndo seja imediatamente investigado para se obter uma bebida de graça. A banheira é o melhor lugar para se esconder em um banheiro quando um humano estiver presente. Um ou dois miados queixosos e talvez uma lambida na torneira costumam fazer com que os humanos abram-na para você. Se a porta do banheiro estiver fechada, será necessária uma entrada barulhenta (veja PORTAS). Sua tigela de água deverá ser usada somente caso os humanos tenham deixado a tampa do vaso abaixada e a torneira e a banheira estiverem secas.

Se um humano tiver um copo de líquido cheio até a boca, imediatamente coloque seu rosto no copo. Se a boca do copo for muito estreita, mergulhe a pata no líquido, mexa um pouco e faça o teste de gosto. Você pode ficar agradavelmente surpreso ao encontrar cerveja ou até mesmo leite! De qualquer forma, se o líquido for bom, continue a provar, mas apenas enquanto seu humano estiver distraído.

Algumas das melhores águas são ornamentadas com aqueles cubos duros, frios que bóiam e aparecem/afundam quando pressionados de leve. Se seu humano protestar, lamba as gotinhas condensadas do lado de fora do copo.

4. Dormir

Como mencionado acima, a fim de ter energia suficiente para brincar, um gato precisa ter bastante horas de sono. Geralmente não é difícil encontrar um local confortável para se enroscar. Qualquer lugar no qual um humano goste de sentar é bom, especialmente se contrastar com a cor do seu pêlo. Se for perto de um raio de sol, ou duto de calor, muito melhor. Claro, bons lugares também existem do lado de fora, mas têm a desvantagem de estarem sujeitos a condições climáticas atuais e posteriores como chuva, por exemplo. Janelas abertas são uma boa alternativa.

Roncar não é privilégio exclusivo dos humanos - se o gato estiver dividindo a cama com dois humanos, o gato bem treinado pode fazer com que um dos humanos seja acusado / acotovelado / esbofeteado em seu lugar:


Se seus humanos não o deixam entrar no quarto à noite, faça com que eles sofram por isto. Mesmo que eles lhe dêem uma sala quentinha e legal para dormir, com uma porta-de-gato para o mundo externo, não é bom o bastante. Há diversas formas de se mostrar desaprovação.


Emporcalhe a sala que eles lhe deram para dormir. Afinal de contas eles não dormem ali, por que você deveria?


Brigue barulhentamente com outros gatos da vizinhança, bem debaixo da janela do quarto deles. Certifique-se de aparecer pela manhã com o máximo de cicatrizes novas quanto for possível. Passe algum tempo treinando uma expressão de: "Bem, eu não teria todos estes hematomas se vocês simplesmente me deixassem dormir no quarto de vocês à noite...".


Quando eles finalmente levantarem e forem tomar banho, ache o cano de esgoto certo e dê uma boa miada dentro. O som amplificado e distorcido do "Miau" certamente vai surpreendê-los - assim como o máximo tempo que você conseguir fazer isto sem ficar rouco.

Quando eles finalmente descerem as escadas e chamarem por você, recuse-se a usar a porta-dos-gatos para entrar em casa. Existe uma porta da frente perfeitamente boa que eles podem abrir. É claro que se eles se adiantarem abrindo a porta da frente e chamarem, ignore-os. Só apareça na porta de entrada e mie quando eles fecharem-na de novo.

Espero que vocês estejam gostando, logo, logo têm mais.

Nenhum comentário: