Páginas

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Conhecendo os gatos: Dicas!

Percebi ontem que não tinha feito o Conhecendo os Gatos desse mês:( Estou atrasada, mas ainda dá!
As dicas que vou postar hoje foram cedidas pela Patricia Oliveira.



Qual a melhor forma de adaptar um gato mais novo a um mais velho?
Eu prefiro a adaptação gradativa. Manter o gatinho recém chegado isolado num cômodo e ir apresentando aos poucos. Primeiro através de cheiros, depois uma apresentação visual e, por fim, interação entre eles. Cada etapa deve levar o tempo que for necessário para que os gatinhos aceitem a novidade com tranqüilidade. Alguns gatos se adaptam em poucos dias, outros levam várias semanas. Mas todos se adaptam, bastar ter paciência e dar tempo ao tempo

Gatos e crianças geralmente se dão bem? Se não, como fazer uma aproximação?
Crianças costumam ser abertas à convivência com animais quando pequenas. Mas, algumas vezes, os adultos fazem com que elas passem a ter medo. Ao tentar afastar uma criança de um animal, usando para isso ameaças como “ele vai te arranhar” ou “ele vai te morder”, pode criar um medo que até então não existia.
A convivência com animais desde cedo é muito saudável, ajuda no desenvolvimento emocional inclusive. Ao contrário do que se pensa, conviver com gatos desde bebê diminui o risco de doenças respiratórias
Mas é preciso que os pais tenham responsabilidade e supervisionem os primeiros contatos.
Uma criança mais agitada pode assustar um gatinho tímido. E um gatinho que gosta de brincar de lutinha, por exemplo, pode machucar uma criança muito pequena.
Os pais devem ficar atentos para que nenhum dos dois, criança ou gato, saia perdendo nessa história

Quais são as dicas que devemos seguir com filhotes?
Alimentação de boa qualidade, água disponível em vários cômodos da casa e sempre fresca, castração precoce (no caso das fêmeas, antes do primeiro cio), vacinas feitas numa clínica veterinária, brinquedos e muito amor são os alicerces fundamentais para se construir uma amizade verdadeira e duradoura.
Sempre reserve um tempo para interagir com seu gatinho. Mesmo que muitas vezes não demonstrem, gatos gostam e precisam da nossa atenção.


Sei que é grande, mas vale a pena ler!

Beijos e até amanhã!

4 comentários:

Pepi disse...

Tia Verônica,
O "meu mãe" tem todos estes cuidados comigo
Eu adolo ela...hihihi
Ronrons do Xixo

Carol disse...

Hola Veronica!!
Eres un pozo de sabiduria...
Gracias por todos tus comentarios.
Besos!

Repositório disse...

Muito boas as dicas Carol!!!
Beijocas

Nikita disse...

Boas dicas Veronica! Sempre é bom saber o que podemos fazer para deixar a vida de nossos bichanos melhor e mais saudável.

Beijos! Néia e Nikita:)